Terça-feira, 27 de Junho de 2017 -
INADIMPLÊNCIA

Três meses após fim de prazo, arrecadação do IPVA em Itabira ainda está em 86%

19/06/2017 10h49
DIVULGAÇÃO
A partir de 1º de julho, todos os motoristas deverão portar obrigatoriamente o licenciamento 2017

A escala de pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) terminou em 15 de março. Três meses depois, muita gente em Itabira ainda não quitou por completo o tributo. De acordo com a Administração Fazendária, até então foram recebidos 86,37% do valor emitido para o município.

Os órgãos de fiscalização já exigem o documento de licenciamento do ano 2017 para veículos com finais de placas de 1 a 5. A partir de 1º de julho, o porte obrigatório também passa a ser para proprietários cujos automóveis têm placas com finais entre 6 e 0. No início de junho, a Secretaria de Estado da Fazenda de Minas Gerias emitiu mais de 500 mil mensagens por telefones informando o débito a contribuintes.

Em Itabira, a frota é de 49.250 veículos, o que resultou em uma emissão de R$ 27.448.429,00 do IPVA 2017. Até o dia 31 de maio, segundo a AF, os proprietários de automóveis já haviam quitado R$ 23.706.515,00. Desse total, 40% fica com o município onde o veículo está emplacado, 40% segue para o caixa único do estado e 20% encorpa o Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

Com relação à Taxa de Renovação do Licenciamento Anual do Veículo (TRLAV), o valor emitido para Itabira é de R$ 4.640.001,00. Desse montante, já foram arrecadados no município, até 31 de maio, R$ 3.564.597,00, o equivalente a 76,82%.  

Além do IPVA e do TRLAV, para receber o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), o contribuinte tem que estar em dia o Seguro DPVAT e eventuais multas de trânsito. A penalização para quem for parado em uma blitz e não apresentar o documento é de R$ 293,47, além da perda de 7 pontos na CNH, referentes à infração considerada gravíssima. O veículo também será rebocado.

Se você não tem Facebook, utlize o formulário abaixo para comentar.
19/06/2017 - 19h45
Maria das Almas
Itabira
Ué, paga quem pode, não? E o desemprego como anda? Prefiro comer, beber e vestir, do que andar com o meu veiculo em dias. Morrer de trabalhar pra dar dinheiro para governantes???????
0 0
19/06/2017 - 18h02
Janaina
Itabira
De 6 a 0 placas 7,8,9 também
0 0
19/06/2017 - 17h12
Paulo
itabira
Para cobrar impostos , taxas, etc e etc o Estado é super eficiente... Em contrapartida a manutenção das Rodovias e a segurança aos usuários está em frangalhos... aos cacarecos!!
0 0
Novo comentário
Sou cadastrado
Não sou cadastrado
Comentário
Leia mais em: Cidade
Mais
Emprego