Terça-feira, 25 de Abril de 2017 -
UNANIMIDADE

Vereadores aprovam crédito de R$ 15 milhões para obras da avenida Machado de Assis

18/04/2017 20h11
WESLEY RODRIGUES/DEFATO
A aprovação do projeto foi consenso entre todos os vereadores

Vereadores de Itabira aprovaram nesta terça-feira, 18 de abril, o financiamento das obras de infraestrutura da avenida Machado de Assis, via que ligará o bairro João XXIII ao Gabiroba. A mesa diretora da Câmara acatou o pedido de urgência da administração municipal e o Projeto de Lei 25/2017, que trata do financiamento, foi incluído na pauta de votações e teve o consentimento de todo o plenário.

O PL autoriza o município a contratar crédito no valor de R$ 15 milhões com o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), para obras de rede de esgoto, canal de drenagem, pavimentação e urbanismo da Machado de Assis. A avenida irá beneficiar diversos bairros como Jardim dos Ipês, Bethânia, Juca Batista, Água Fresca e Vila Salica.

A matéria foi aprovada em primeiro turno nesta terça-feira. Para despachar rapidamente o assunto, o presidente da Câmara, Neidson Freitas (PP), convocou reunião extraordinária para a manhã de quinta-feira (20), às 9h.

O Executivo municipal pediu urgência na autorização do empréstimo porque processos burocráticos no BDMG têm data-limite ainda neste mês de abril.

Como garantia de pagamento, o PL 25/17 autoriza a reserva de receitas do ICMS - imposto sobre circulação de mercadorias e prestação de serviços – e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Segundo vereadores, a obra irá gerar pelo menos 250 empregos diretos e 300 indiretos.

O orçamento da intervenção supera R$ 50 milhões. Segundo o líder do governo na Câmara, Allaim Gomes (PDT), os R$ 15 milhões deverão ser usados, inicialmente, na ligação da descida do bairro Hamilton até o começo da Machado de Assis. “Para fazer o restante precisa daquela parte pronta, em função do trânsito de veículos, caminhões e materiais”, esclareceu.

O restante do dinheiro necessário, segundo governistas, serão reinvindicados ao Estado e União. 

Se você não tem Facebook, utlize o formulário abaixo para comentar.
19/04/2017 - 13h06
José Maria Amorim
itabira
Alguém me explica a lógica de, estando com dívida de 140 milhões e déficit de 8 milhões mensais, pegar um empréstimo para construir avenida, que pode ser necessária mas não é urgente? Não seria mais inteligente sanar as contas e depois investir nisso? E os vereadores, a troco de que aprovaram essa urgência?
0 0
19/04/2017 - 08h49
Fernando
Itabira
A cidade tem uma dívida 146 milhões e vai pegar 15 milhões emprestado para fazer avenida,uma obra que sem dúvida poderia esperar o melhor momento para ser realizada. Nossas ruas estão cheias de buracos, postos de saúde que estavam em obras abandonados, deve ter quase uns quatro anos que a conça acústica está abandonada.Nossos políticos não mudam mesmo! mais obra extremamente política, pois cuida cuida do que já tem não gera impacto na população mas uma grande obra sim, aí quando chegar a próxima eleição o cara vira e falar eu construir a avenida Machado de Assis e a população inocente vai lá e reelege o indivíduo,que por trás está rindo da cara do cidadão comum que se conforma com qualquer coisa.
0 0
Novo comentário
Sou cadastrado
Não sou cadastrado
Comentário
Leia mais em: Cidade
Mais
Emprego