Terça-feira, 27 de Junho de 2017 -
QUESTIONAMENTOS

Vereador cita "quantidade excessiva de multas" e chama secretária para explicar atuação da Transita

16/06/2017 11h27
Rodrigo Andrade
DEFATO
Vereador pede que, na ocasião, Transita informe a arrecadação do último ano e a destinação do dinheiro

A atuação do Departamento de Transportes e Trânsito de Itabira (Transita) tem incomodado alguns vereadores, que chegaram a citar denúncias durante recentes reuniões da Câmara. Na última terça-feira, 13 de junho, o vice-presidente da Casa, André Viana (PTN), voltou a tocar no assunto. O parlamentar afirmou que está preocupado com a “quantidade excessiva de multas aplicadas na cidade” e conseguiu a aprovação de um requerimento para que a secretária de Desenvolvimento Urbano, Priscila Braga, ou o superintendente da Transita, Jairo Ferreira, compareçam ao Legislativo para falar sobre o tema.

A presença da secretária é aguardada na próxima terça-feira, 20 de junho. Segundo André Viana, motoristas têm reclamado especialmente das multas mais difíceis de serem comprovadas, aquelas em que os agentes flagram algum ato irregular, como o uso do celular ao volante. Outra questão pontuada pelo vereador é que as infrações não estão chegando às casas dos autuados, o que dificulta a defesa nas esferas administrativas.

“Nós não queremos coibir e nem tolher o agente público de aplicar multas, já que ele está em seu exercício de poder. Porém, nós estamos recebendo muitas denúncias com relação ao excesso de multas que não têm como serem provadas, como o uso do celular. O agente, pela fé pública, ele multa, mas têm muitas pessoas questionando isso”, afirmou o parlamentar.

O vice-presidente da Casa disse também que quer aproveitar a presença dos responsáveis pela Transita para questionar o quanto o setor arrecadou com multas no ano passado e neste primeiro período de 2017 e qual a destinação desse dinheiro.  

“Queremos explicações claras e queremos alimentar também uma discussão sobre mais educação no trânsito. É lógico que a multa é uma forma inibitiva de infrações e tem que acontecer, mas qual é o critério? A gente tem recebido vários relatos de abusos e isso é que tem que ser averiguado”, defendeu André Viana.

Impasse nas infrações de trânsito foi citado por Viana na última reunião ordinária da casa. Foto: Rodrigo Andrade/DeFato

Campanha

Durante todo o mês de junho, a Prefeitura de Itabira promove a campanha “Estacionamento Consciente”. Segundo o município, a ação busca conscientizar os condutores sobre a sinalização de trânsito, principalmente sobre o estacionamento regulamentado: vagas para deficientes físicos, idosos, escolares, carga e descarga, táxis, pontos de ônibus e rotativo.

 

De acordo com a Transita, por meio da campanha espera-se também conscientizar a população sobre o uso dos passeios; faixas de pedestre; placas de sinalização; estacionamentos em fila dupla, esquinas e portas de garagem, por exemplo; entre outros. “A campanha surgiu após uma análise da realidade atual onde observamos, durante o processo de fiscalização diária, o montante de infrações relacionadas a estacionamentos irregulares e os transtornos que esse desrespeito causa ao trânsito e aos usuários. Conscientização é a palavra-chave da campanha”, pontuou o superintendente da Transita, Jairo da Silva Ferreira.

Se você não tem Facebook, utlize o formulário abaixo para comentar.
20/06/2017 - 11h06
Rodrigo Soares
Itabira
Só andar pela rua pra ver a educação do motorista itabirano, não usa nem seta, acha que é o dono da rua, só usa seta quanto tem uma viatura da PM atrás, tem que multar mesmo!
5 0
17/06/2017 - 19h21
Cintia Costa
Itabira
Senhores agentes da TRANSITA, favor verificar no bairro praia. Toda terça e quinta por volta de 19:00h, uma equipe de corredores obstruem a avenida colocando cones e deixando passagem somente em uma pista. Já presenciei duas vezes carros derrubando cones. Correndo risco de acidente. Pois somente agentes de trânsito e a polícia podem fazer isso.
15 1
17/06/2017 - 09h04
Marcos António silva
Itabira
Esses agentes da transita são muito mal educado eles conversam com o cidadão achando que ta conversando com parente deles.eu fui notificado por não usar o cinto de segurança e não sei quem é o agente e não chegou a autuação para que eu pusesse me defender simplesmente soh chegou a multa e 5pontos na carteira!isso é um absurdo bando de agente sem copetencia e sem conhecimento de trânsito!ande Viana ta de parabéns tem que ter uma explicacao para onde está indo esse dinheiro!nos cidadao devemos correr atraz do nosso direito e sair pela rua de itabira fasendo uma paralização e colocar um fim nisso
4 23
16/06/2017 - 22h17
Robson Finotti Areas
Itabira
Não tenho hábito de dirigir falando ao telefone, porém recebei uma multa e não tive como recorrer por ter conseguido provar. Parabéns para o vereador por ter levantado esta questão.
6 21
16/06/2017 - 17h54
geraldo horta
itabira
estacionamento irregular,falar ao celular etc..etc...etc. ainda mais ,depois das 18:00hs trnsita neles Andre.
13 7
16/06/2017 - 16h51
fabio
Itabira
Na minha opinião o excesso de multas se deve ao excesso de falta de respeito as leis de transito, como ta em um comentário acima, falar ao cell e dirigir aqui em Itabira é Mato, assim como estacionar em local proibido. Em locais que eu faço caminhada, bairro praia e gabiroba, vejo carros estacionados debaixo das placas de proibição. E so pra citar, motoristas que estacionam em ponto de ônibus, sábado passado em frente a loteria da avenida Mauro ribeiro havia um monte de carros estacionados em local proibido, eu ajudei uma senhora a descer do ônibus praticamente no meio da avenida, pois no ponto que tem uma faixa amarela pintada no asfalto o demarcando havia uma caminhonete estacionada e não dava para o motorista encostar junto ao passeio. Deixo de dica aos fiscais da transita da uma olhada ali, ou colocarem uma faixa avisando aos motoristas em cada ponto de ônibus.
29 3
17/06/2017 - 19h14
Cintia Costa
Itabira
Concordo plenamente com o comentário. Motorista que segue as normas e leis de trânsito não é penalisado.
20 2
16/06/2017 - 16h04
Élcio Lage Machado
ITABIRA
Gente conversando ao celular aqui em Itabira do Mato Dentro é mato, fato, o que se ver de gente estacionando em vagas de idoso, pessoas com necessidades especiais e táxi,aqui também é mato, ou seja, o grande índice de multas se dar pela falta de educação de muitos motoristas, o que poderiam utilizar a vontade, aqui não se utiliza, a seta, o motorista e os pedestres têm que adivinhar, para onde os veículos irão virar, ou não, a Transita não multa quem não está errado, orienta sim, e muitas das vezes é bem tolerante!
46 10
16/06/2017 - 14h49
Cidadão
Itabira
Parabéns aos agentes da Transita. Brasileiro é mau educado e não respeita as leis. E ainda, depois que é multado tenta o famoso jeitinho para sair como vítima. Quem respeita as leis não é multado, simples assim.
58 15
16/06/2017 - 14h14
Jose Raymundo S. Silva
Itabira
Parabéns André, não votei em você por não conhecer seu trabalho na época, mas você tem sido exemplo como vereador, pelas atitudes tomadas para proteger o cidadão. Não vejo a Transita orientar, apenas punir sem um critério, como os citados no texto acima.
27 49
16/06/2017 - 16h08
Élcio Lage Machado
ITABIRA
O critério está no Código de Trânsito Brasileiro, o que muitos motoristas esquecem, a Transita orienta, mas muitos motoristas são arrogantes e tratam os agentes de trânsito com indiferença, agentes estes que são muito educados e multam como último recurso e ainda tem gente que insiste em fazer errado.
45 10
18/06/2017 - 07h59
José lage
itabira
Na minha opinião também acho que a transita funciona bem nossos cidadãos estão equivocados não respeitam querem tirar proveito da situação,observem entorno das Igrejas da Saúde e Catedral aos Domingos de de manhã como o pessoal estacionam agente tem que fazer malabarismo para passar o mesmo caso é de frente o Banco Santander,olha pessoal pensa no próximo não só resolvendo seu lado não.
18 1
Novo comentário
Sou cadastrado
Não sou cadastrado
Comentário
Leia mais em: Cidade
Mais
Emprego