Terça-feira, 24 de Outubro de 2017 -
EFETIVO

Itabira terá reforço de policiais em médio prazo

No combate à criminalidade, o comandante da 12º RPM lamenta, porém, fragilidades do sistema penal
09/08/2017 16h32
Wesley Rodrigues
Colaborou Yasmini Gomes
YASMINI GOMES
12º RPM ganhou novas instalações em Ipatinga, no Vale do Aço. A inauguração da nova sede da companhia ocorreu no fim da tarde de segunda-feira
Galeria de fotos
Yasmini Gomes
Yasmini Gomes
Yasmini Gomes
Yasmini Gomes

A Polícia Militar na região de Itabira deverá ter um complemento de soldados no ano que vem. Aprovados em concurso público irão começar o treinamento em novembro e a previsão é que eles possam reforçar o efetivo do 26º Batalhão em meados de 2018. Ao todo, serão distribuídos 210 policiais nos 97 municípios da 12ª Região de Polícia Militar. Os municípios menores da unidade, como os do Médio Piracicaba, serão priorizados.

O compromisso foi afirmado pelo comandante da 12ª RPM, coronel Edvanio Rosa Carneiro, durante a inauguração das novas instalações da sede da companhia, no bairro Horto, em Ipatinga, na segunda-feira, 7 de agosto.

O oficial citou que no último mês de abril, 240 novos policiais foram distribuídos na área de abrangência da 12º RPM – unidade da qual o batalhão de Itabira está subordinado e foi incluído no envio dos novatos.

O desafio no combate à violência crescente no interior mineiro, no entanto, não está na ampliação do efetivo policial e, sim, na legislação brasileira, entende o coronel. “Se não é possível obtermos resultados melhores é porque, infelizmente, nós enfrentamos uma legislação no país que já passou da hora de ser modificada, de ser revista”, criticou.

O comandante conclamou a população a cobrar mudanças aos agentes políticos. “Nós estamos atuando, fazendo operações, prendendo infratores, apreendendo armas de fogo, retirando pessoas de circulação e o fato delas permaneceram um tempo não muito grande no cárcere, infelizmente não nos compete. Precisamos de nos indignar com isso. Precisamos de mudança na legislação para propiciar uma segurança melhor aos cidadãos”, continuou.

Patrulha rural

Questionado sobre a situação das localidades rurais da região, que enfrentam arrombamentos a casas, roubos e furtos em propriedades, Edvanio frisou que há um planejamento do comando em realocar policiais – como das seções de Meio Ambiente – e reforçar a patrulha rural.

“Não estamos deixando a comunidade rural desassistida. Temos compromisso tanto com os moradores do grandes municípios, como dos pequenos municípios e também os da zona rural. Vamos implementar a patrulha rural de forma mais intensa”, assegurou. 

Se você não tem Facebook, utlize o formulário abaixo para comentar.
Você pode ser o primeiro a comentar.
Novo comentário
Sou cadastrado
Não sou cadastrado
Comentário
Leia mais em: Polícia
Mais
Emprego